O Bê-a-bá do Sertão - Paraíba - UMA GERAL
Antônio Bandeira Professor e Jornalista


07.11.2012 - ITAPORANGA

UMA GERAL

     
Compartilhe


POR QUE DJACI PERDEU?
A união de forças com o ex-prefeito Antônio Porcino(PMDB), que parecia garantir a Djaci a vitória por larga margem de votos, não surtiu efeito. Muitos achavam que seria o mesmo que botar um gato para brigar com uma onça. Antônio Porcino, que no pleito anterior, quando estava aliado a Audiberg Alves, também não conseguiu dar a vitória ao candidato eleito, está sendo acusado de não ter transferido a quantidade de votos esperada para o candidato derrotado. Segundo se comenta, se não fosse Djaci uma liderança forte, teria perdido por ampla maioria de sufrágios.


Outros fatores do fiasco,conforme opinião de analistas da política local, foram estes: promessas de campanha. Djaci, conforme opinião de alguns vereadores, não teria cumprido, na zona rural, principalmente, o que havia prometido ao homem do campo, como passagem molhada, etc. Funcionalismo: Djaci teria jogado duro contra os funcionários, maiormente os professores. Vereadores: eles não conseguiram(?) fazer a “chapa casada”, por recusa dos eleitores, em grande parte. Traição: muitos beneficiados pelo prefeito, empregados na Prefeitura pelo prefeito, votaram intencionalmente contra, principalmente do setor de saúde, segundo se comenta à boca pequena.



Djaci Brasileiro(PSDB) entrega a Prefeitura de Itaporanga governável e, como líder político, ainda estimado pela classe humilde. Para seu sucessor, Audiberg Alves de Carvalho(Berguim), PTB, ele deixará, consoante o edil itaporanguense me informou, 43 milhões de reais em convênios assinados, destinados a calçamentos, pavimentação asfáltica, esgotos e outros benefícios de grande valia para o município. Com vistas à proxima campanha municipal, ele diz que ainda é cedo para falar no assunto. “Não vou abandonar meu povo”, voltou a afirmar.



PORTUGUÊS
Uma assídua ledora desta coluna me pergunta por e-mail se era certo os locutores de palanque usarem a cada instante a palavra “perca”, em lugar de “perda”. Em resposta, afirmo que a palavra “perda”, como substantivo, está correta, em frases como “Sem perda de tempo”. A palavra “perca” estaria certa em frase do tipo “Não perca a oportunidade de estudar


Agora, uma orientação valiosa. Encontar, encontrar com e encontrar-se com. Encontrei-a na rua, ou Encontrei-me com ela… Anteceder. Anteeder a. O artigo definido antecede o substantivo(ou ao). Atrás de, detrás de, por detrás de, por trás de. Fiquei escondido atrás da porta, ou detrás da porta, ou por detrás da porta, ou por trás da porta. Tudo certo.



LIVRO DOS ESPÍRITOS

Pegunta 994: O homem perverso que não reconheeu seus erros durante a vida sempre os reconhece após a morte? RESPOSTA: Sim, sempre reconhece, e então sofre mais. Pois ressente-se de todo o mal que praticou ou de que foi a causa voluntária. No entanto, o arrependimento nem sempre é imediato. Há espíritos que se obstinam num mau caminho, apesar dos sofrimentos por que passam. Porém, cedo ou tarde reconhecerão haver tomado o caminho errado e o arrependimento virá. É para esclarecê-los que os bons espíritos trabalham….



POPURRI


#
# #
A pesquisa feita pela Folha do Vale, na campanha recém-finda, acertou em Piancó, Piancó e em Igaracy. Em Itaporanga, mostrou um empate técnico entre Djaci e Berguim, o que foi confirmado nas urnas.


# # # O concurso, que seria feito pela Prefeitura de Itaporanga, foi adiado para o próximo ano com o novo prefeito Audiberg Alves. O prefeito Djaci não aceitou as empresas, porque elas estão irregulares.


# # # Uma fonte segura informa que o vereador eleito pela primeira vez, Ricardo Pinto, do bloco do prefeito Djaci Brasileiro, lançou-se candidato à Presidência da Câmara, devendo concorrer ao cargo com Joaquim Salviano, do mesmo grupo.


# # # O prefeito Djaci disse a certo amigo seu que o prefeito eleito, Audiberg Alves(PTB), vai encotrar um pepino no governo, que será o pagamento de precatórios.





.




Deixe o seu comentário







Respeitamos o direito de opinão e expressão. O espaço para comentários é um espaço democrático destinado às opiniões relativas ao texto originalmente publicado.
Não serão publicadas quaisquer mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou, ainda, que desrespeitem a privacidade alheia, que tenham caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas, ou, ainda, que tenham linguagem grosseira e/ou obscena.
Não serão publicados comentários que tentam se aproveitar deste espaço democrático para “destacar” outros sítios ou blogues ou, ainda, que tenham por objetivo comercializar produtos ou serviços.
Comentários anônimos, desconexos ou sem sentido em relação ao tema comentado também serão descartados.




Copyright © 2002/2019 - O Bê-á-bá do Sertão - Todos os direitos reservados
Contatos: (0xx83) 99967.1500 - Paraíba - Brasil
E-mail para contatocomercial@obeabadosertao.com.br