O Bê-a-bá do Sertão - Paraíba - DEMOCRACIA - A FORÇA DO COLETIVO
Aucelio Gusmao Médico anestesiologista. Ex-presidente da Unimed João Pessoa(PB). Presidente da Federação das Unimeds do Estado da Paraíba. Membro do Conselho Confederativo da Unimed do Brasil e palestrante sobre temas ligados ao Marketing e Gestão. Possui dois livros publicados - "O Tempo e a Vida"(2007) e "Leituras do meu Tempo"(2010).


06.06.2014 - JOÃO PESSOA

DEMOCRACIA - A FORÇA DO COLETIVO

     
Compartilhe


O ideal democrático é, portanto, sublime, uma vez aplicado corretamente, Faz justiça, estabelece a igualdade.


Democracia é como nadar, aprende-se praticando. Um anônimo, parafraseando o pensamento de Lincoln disse “é o governo do povo, pelo povo, para o povo, apesar do povo”.


A diferença entre democracia e ditadura é que na democracia se pode votar antes de receber as ordens. Diferencial estupendo. A democracia, contudo, abusa de estatísticas e estas são feitas pelo homem.


Para Millôr Fernandes “democracia começa na hora de votar e termina na hora de contar”. Para François Mauriac – o processo – o ideal democrático ensina como o povo livre pode tornar-se forte e um povo forte permanecer justo.


O ideal democrático é, portanto, sublime, uma vez aplicado corretamente, Faz justiça, estabelece a igualdade. A ditadura é um estado em que todos têm medo de um e um tem medo de todos(Alberto Moravia). A liderança é garantida pela força. Para Henrique Jardiel Poncela, a ditadura é o sistema de governo no qual o que não está proibido é obrigatório.


A ditadura perpetua a ignorância e a ignorância perpetua a ditadura. A ânsia de salvar a humanidade é quase sempre um disfarce para a ansiedade de governá-la. Tudo ocorre, no entanto, via política.


Política para Emile Bergerard é a arte de fazer aos outros aquilo que não queremos que nos faça. Para Jacques Bossuet, a política é um ato de equilíbrio entre aqueles que querem entrar e aqueles que não querem sair.


Ativista não é o homem que diz que o rio está sujo. Ativista é o homem que limpa o rio. Gandhi, sempre soberano afirmou: eu não tenho mensagem. Minha mensagem é minha vida.


Todos os males da democracia são curados com mais burocracia. A democracia é um sistema que faz com que nunca tenhamos um governo melhor do que merecemos. A capacidade do homem para o mal faz a democracia necessária e a capacidade do homem para o bem faz a democracia possível.


Em uma empresa privada, os dirigentes administram seu próprio dinheiro. Em uma empresa pública, administram o dinheiro de todos. Responsabilidade e honradez não podem faltar! De que valem as leis sem os costumes?.


Onde termina a lei começa a tirania, sucumbe a democracia. Daí Thomas Reed ter vaticinado: uma das maiores ilusões é a esperança de que o mal nesse mundo será resolvido por leis.


Aquele que quer aprender a dar ordens, primeiro deve aprender a obedecer.



Aucélio Gusmão
Médico








Deixe o seu comentário







Respeitamos o direito de opinão e expressão. O espaço para comentários é um espaço democrático destinado às opiniões relativas ao texto originalmente publicado.
Não serão publicadas quaisquer mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou, ainda, que desrespeitem a privacidade alheia, que tenham caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas, ou, ainda, que tenham linguagem grosseira e/ou obscena.
Não serão publicados comentários que tentam se aproveitar deste espaço democrático para “destacar” outros sítios ou blogues ou, ainda, que tenham por objetivo comercializar produtos ou serviços.
Comentários anônimos, desconexos ou sem sentido em relação ao tema comentado também serão descartados.




Copyright © 2002/2017 - O Bê-á-bá do Sertão - Todos os direitos reservados
Contatos: (0xx83) 99967.1500 - Paraíba - Brasil
E-mail para contatocomercial@obeabadosertao.com.br