O Bê-a-bá do Sertão - Paraíba - Mesmo sem pagar conta, universidade não pode ter energia cortada
Educação 13.04.2015 -

Mesmo sem pagar conta, universidade não pode ter energia cortada

     
Compartilhe

Mesmo sem pagar conta, universidade não pode ter energia cortada


A Universidade Federal de Sergipe(UFS) ainda aguarda verbas do orçamento de 2015, mas pelo menos conseguiu garantir luz em salas de aula e demais instalações. Sem pagar contas atrasadas de energia elétrica e ameaçada de corte, a instituição conseguiu obrigar que a concessionária local mantenha suas lâmpadas acesas. A 1ª Vara Federal de Aracaju entendeu que entidades de ensino, hospitais e outras unidades que prestam serviços indispensáveis têm o direito de receber energia.


A Advocacia-Geral da União alegou que a universidade ainda não conseguiu quitar faturas pois aguarda recursos do governo federal. Também reclamou que a distribuidora Energisa começou a pressionar a UFS e não aceitou nenhum acordo para resolver o problema de forma administrativa, mostrando “falta de bom senso”.




Os procuradores federais relataram que a falta de energia impediria a continuidade dos concursos públicos, das bancas de dissertação de mestrado e tese de doutorado, além de paralisar atividades administrativas e afetar maquinário utilizado para armazenar alimentos e experimentos científicos que demandam refrigeração. O gerador da instituição não conseguiria suportar tudo isso, afirmaram.


A 1ª Vara Federal proibiu a empresa de cortar seus serviços em todos os locais da UFS, sob multa diária de R$ 200, em caso de descumprimento. A decisão considerou a possibilidade de “dano irreparável ou de difícil reparação, tendo em vista que a suspensão no fornecimento de energia elétrica inviabilizará a continuidade na prestação dos seus serviços de utilidade pública, inclusive aqueles feitos no âmbito do Hospital Universitário”.


* Com informações da Assessoria de Imprensa da AGU.


* Processo: 0800795-80.2015.4.05.8500.

                       

Deixe o seu comentário







Respeitamos o direito de opinão e expressão. O espaço para comentários é um espaço democrático destinado às opiniões relativas ao texto originalmente publicado.
Não serão publicadas quaisquer mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou, ainda, que desrespeitem a privacidade alheia, que tenham caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas, ou, ainda, que tenham linguagem grosseira e/ou obscena.
Não serão publicados comentários que tentam se aproveitar deste espaço democrático para “destacar” outros sítios ou blogues ou, ainda, que tenham por objetivo comercializar produtos ou serviços.
Comentários anônimos, desconexos ou sem sentido em relação ao tema comentado também serão descartados.




Copyright © 2002/2017 - O Bê-á-bá do Sertão - Todos os direitos reservados
Contatos: (0xx83) 99967.1500 - Paraíba - Brasil
E-mail para contatocomercial@obeabadosertao.com.br