O Bê-a-bá do Sertão - Paraíba - O EGOÍSMO DOS 'PUROS'
Sady Fernandes Sady Fernandes de Aragão Júnior é Engenheiro Agrônomo e Perito Criminal do Governo do Estado de Rondônia.


21.04.2010 - PORTO VELHO

O EGOÍSMO DOS 'PUROS'

     
Compartilhe


Gerada a partir da diferença de potencial entre duas cargas elétricas, a eletricidade pode ser produzida a partir de fontes renováveis e limpas(energia hídrica, geodésica, eólica e solar) ou estanques e sujas(combustíveis fósseis).


São incontáveis os benefícios de sua produção sustentável e nosso país é riquíssimo em potencial hidroelétrico.


Por aqui o consumo de energia elétrica foi recorde algumas vezes este ano. Mesmo num ano(2009) em que tivemos um crescimento negativo do PIB(-0,2%) o sistema elétrico caiu por não suportar a demanda por eletricidade. Era o “apagão”.


Com a recuperação econômica mundial estamos com a atividade econômica aquecida. As pessoas estão comprando mais eletrodomésticos e, compreensivelmente, querem ter uma vida mais confortável. Gozar as benesses do progresso. Afinal, trabalhamos para que?.


A previsão de crescimento do PIB no Brasil é, por baixo, de 5,5%. Lembrando que alguns setores crescerão muito mais, como é o caso do setor industrial que andou recessivo o ano passado.


A matriz energética dos combustíveis fósseis está com os dias contados.


O Brasil precisa de energia elétrica limpa e abundante para crescer. E o governo brasileiro vai construir a usina hidroelétrica de Belo Monte no Pará para prevenir apagões, possibilitar um crescimento sustentável e melhorar o padrão de vida de todos.


É um investimento que beneficiará todos os brasileiros e até o mundo, pois é energia de baixa emissão de carbono.


Porém, não sei por qual motivação, grupos de pessoas e instituições tentam impedir que se construa esta mesma geradora.


Engraçado, quando há apagão processam o governo e quando ele quer construir uma usina de geração de energia limpa, também.


Se o ar está poluído pela produção de energia a partir de termoelétricas – protestos. Se for energia nuclear – protestos. E quando é uma hidroelétrica – mais protestos.


Provavelmente os que lutam contra a construção de Belo Monte são sinceros. Acreditam estar defendendo algo de bom e nobre – “puro”- mas vejamos: qual a alternativa que apresentam?.


Posso estar errado, mas acho que a alternativa deles é permanecer como estão agora, no atraso, alheios a tudo que o seu potencial energético e humano permite. Continuar a viver sem energia, sem progresso, sem responsabilidade social, sem produzir um excedente que seja.


Viver a sua maneira, sem mudar nem um pouco produzir um “a mais” para os outros(nem cresço nem deixo crescer) assim é o egoísmo dos “puros”.




.




Deixe o seu comentário







Respeitamos o direito de opinão e expressão. O espaço para comentários é um espaço democrático destinado às opiniões relativas ao texto originalmente publicado.
Não serão publicadas quaisquer mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou, ainda, que desrespeitem a privacidade alheia, que tenham caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas, ou, ainda, que tenham linguagem grosseira e/ou obscena.
Não serão publicados comentários que tentam se aproveitar deste espaço democrático para “destacar” outros sítios ou blogues ou, ainda, que tenham por objetivo comercializar produtos ou serviços.
Comentários anônimos, desconexos ou sem sentido em relação ao tema comentado também serão descartados.




Copyright © 2002/2019 - O Bê-á-bá do Sertão - Todos os direitos reservados
Contatos: (0xx83) 99967.1500 - Paraíba - Brasil
E-mail para contatocomercial@obeabadosertao.com.br